Páginas

PERGUNTAS & RESPOSTAS

O “Perguntas & Respostas” que durante anos foi publicado no JB News e aqui reproduzido, está agora no “Blog do Pedro Juk” . Para visita-lo ou tirar suas dúvidas clique http://pedro-juk.webnode.com/ ou http://pedro-juk.blogspot.com.br

sábado, 7 de abril de 2018

MESTRE DE HARMONIA SENTADO

MESTRE DE HARMONIA SENTADO
(republicação)

Questão apresentada pelo Irmão José Roberto Vieira sem declinar o nome da Loja, Rito, Obediência e Oriente. jrlondres@gmail.com 

O Mestre de Harmonia pode ou não ficar sentado, quando necessário para trocar, aumentar de volume ou diminuir, etc., quando da sua função, ou seja, se quiser ficar sentado, pode ou não? 

CONSIDERAÇÕES:

A Coluna da Harmonia sempre esteve ligada à Maçonaria Especulativa e por extensão à Moderna Maçonaria. Ela tem origem nas Sete Ciências e Artes Liberais do passado, dividida em ―trivium e ―quatrivium por Boécio – Gramática, Retórica e Lógica. Aritmética, Geometria, Música e Astronomia. Assim é a música considerada como a sexta ciência. 

Dado a esse aspecto, alguns ritos maçônicos inseriram essa prática que, no passado, a música era executada por um Irmão ao violino, e às vezes até por uma pequena orquestra de câmara com violinos e violoncelos. Na evolução da ciência e das artes a Maçonaria contemporânea viria simplificar o ato utilizando-se de equipamentos eletrônicos de reprodução musical como o conhecemos na atualidade. 

O antigo Mestre de Harmonia que geralmente era um maçom com formação musical (maestro) hoje é ocupado por um Mestre Maçom que necessariamente não carece dessa formação, respeitado obviamente a qualidade cultural da música utilizada nas Sessões Maçônicas, geralmente valendo-se de reproduções de musicas clássicas. 

No Rito Escocês Antigo e Aceito, esse Oficial está colocado no canto sudoeste da Loja e, em se tratando da atualidade, geralmente existe diante do seu lugar um móvel que serve de suporte para a colocação do equipamento de reprodução musical. 

Assim, o mesmo sentado, cumpre a sua missão de ofício. Obviamente isso não dá o direito de que em qualquer situação esse Oficial permaneça sentado indistintamente. 

Nos momentos em que o ritual apregoar a prática de que todos devam estar em pé, ou à Ordem, o Mestre de Harmonia assim também procede. Se por ventura ele necessitar de fazer uso da palavra, também procede na forma de costume. 

Em resumo, ele não fala sentado, já que a regra no Rito em questão é de que em Loja aberta no Ocidente, exceto os Vigilantes, todos falam estando à Ordem. 

Para que não pairem dúvidas: em uma situação de que a Loja esteja à Ordem e haja a necessidade do Mestre de Harmonia operar o equipamento de som, sem dúvida ele o fará na oportunidade em pé. 

Finalizando o meu "enchimento de linguiça", nunca é demais lembrar que o equipamento de som deve estar junto ao Mestre de Harmonia - mesmo com o uso dos atuais controles remotos – para que em certas situações não haja o comprometimento da ação de ofício. 

T.F.A. 
PEDRO JUK  - jukirm@hotmail.com
Fonte: JB News – Informativo nr. 0980, Florianópolis (SC) – sexta-feira, 10 de maio de 2013

Um comentário: